21 junho, 2010

BLOGAGEM COLETIVA - VIDA SIMPLES - TEMA LIVRE

Olá,

SIMPLICIDADE, CADÊ VOCÊ?



Para mim a simplicidade está no modo de encarar a vida, no olhar que temos sobre a vida em si. Entendo por simplicidade exatamente o que diz o dicionário, sem complexidade. Só isso. O grande problema somos nós e nossa mania insana de complicar a vida. A gente complica tudo e depois quer vida simples. Entenda-se.

Já falei aqui nesse post, que somos mestres em dificultar a vida, somos formados em complexidade. A começar pelas coisas que nos rodeiam. Dê uma rápida olhadinha ao seu redor e pense comigo. No começo a gente mora num lugarzinho pequeno, legal, poucos móveis, poucas tralhas, descomplicado de viver. Aí melhora de vida e começa a comprar coisas. E não pára, até que um dia não consegue mais respirar dentro de casa. Compramos coisas desnecessárias, caras demais pra nossa bolinha, sucumbimos à midia, ao consumismo, ao ter. E, para TER transformamos nossa rotina num corre-corre, numa complicação, numa doideira só. A gente nunca está contente com aquilo que tem. Sempre quer mais e vive dando o passo maior do que as pernas. Marcamos compromissos impossíveis e vivemos correndo atrás do relógio. É aí, deseperados, começamos a sonhar... E sonhar com o quê? Com uma vida simples.

É isso, não queremos mais saber de  complicação. Misericórdia. Stop. Estamos decididos, queremos viver simplesmente, confortavelmente, alegremente, sem stress. Queremos tempo para a vida. E então? Pois é, nesse ponto só uma faxina resolve. E você sabe, faxina é faxina, é limpeza total. E, nesse caso, estrutural. Se quiser tentar, tenho aqui umas dicas bem básicas. Vamos lá?

Primeiro, a parte física. Organize seu ambiente, sua casa, seu espaço, até seu computador, e-mails, etc! Destralhe-se, sem dó nem piedade. Dê uma examinada, faça uma triagem nos seus objetos, roupas, embalagens de presente que você guarda e nem sabe porque, etc. Xô. Tire esse peso de suas costas. Faça isso aos poucos, expulse as energias paradas. Continue a fazer suas comprinhas, comprar é muito bom, mas pense duas vezes antes de entrar no vermelho porque isso sim, é um stress violento que aniquila qualquer um.  Aproveite e dê também uma examinada nos seus compromissos. É bobagem pensar que fazendo duas, três ou até quatro coisas juntas  economizamos tempo. Negativo, só ganhamos stress, gastamos energia, e estamos sempre com a sensação de que nada saiu bem-feito.

Ok.

Agora a limpeza interior. Todos nós sentimos raiva em algum momento da vida, e até acho normal. Mas pense bem, a raiva afeta a quem? Acertou. A raiva afeta apenas a quem a sente. A raiva complica, confunde, rouba nosso raciocínio. Portanto, respire melhor, mande a raiva embora. Tenha jogo de cintura. Não fique preso ao passado, nossa vida acontece no presente. Prepare-se para a simplicidade da alegria. Destralhe-se!

Na verdade, são bem poucas coisas que a gente tem que fazer, mas são profundas, são mudanças estruturais que requerem uma decisão consciente e inabalável. Ao colocar em prática, afaste qualquer zona de distração. Focalize seu objetivo. Well. Descomplicar não é mole, eu avisei. A notícia boa é que somente a fase de implantação é difícil, mas os resultados são extremamente compensadores!!!

Vida simples é outro departamento!

Beijos a todos.

Fechamento da blogagem coletiva "Vida Simples" da Milla. Tema livre. Tirei a imagem daqui.
Postar um comentário