23 julho, 2010

PELOS CAMINHOS DA BLOGOSFERA

Olá todo mundo,


Estou com saudades de passear, de ir a lugares bonitos e charmosos, de comer coisas gostosas, de ver gente bonita, de tomar sol, sol, muito sol, de tomar cerveja gelada, de comprar uns perfumes com uns cheiros..., sei lá... é o inverno, é a chuva, que tá me dando nos nervos.

Nossa, tô cinzenta de tanta chuva...

Ontem assisti três episódios do House, um após outro, ainda bem que meu lap está recheado de Houses e Losts. Acho o Hugh Laurie tão bonito e estiloso, um gato. Aliás, toda aquela turma que trabalha com ele, tanto os homens quanto as mulheres: gatíssimos e gatíssimas. Adoro esse seriado. Tenho todos os episódios. Meu filho me abastece, hehe.

Mudando de assunto, hoje andei dando uma passada pela blogosfera e vi muitas coisas legais. O pessoal está se esmerando.  Fiquei fascinada. Tem muitas coisas bacanas pra gente ver. Confesso que eu, hoje, me superei, vi decoração, comidas, cinema, humor, fotografia, um monte de coisas. Foi então que, ih... lá vou eu de novo. Eu e minhas observações. Atentei para os comentários e, uma coisa puxa outra. Olha só no que deu.

Tem muita gente se queixando daquele pessoal que entra nos blogs só pra deixar seu nomezinho ali, só dando beijinho e trololó. E fazendo propagandinha de seu bloguezinho e botando poesiazinha. E comentário que é bom, nenhunzinho. Nem sequer lêem o texto. Grrr.

Comigo, graças a Deus, não posso me queixar, meus comentaristas são bacanérrimos, superinteligentes e educados. Ainda bem, avemaria! Deus os abençoe.

Agora, vamos combinar, será que essa turma do trololó pensa que engana alguém, que as pessoas não notam essas dissimulações? Ora, dá licença. Eu acho a maior falta de respeito. Esse tipo de pessoa que age assim, não pode intitular-se blogueiro.  São pessoas que apenas tem blog, nada mais.

Blogueiro(a) é outra coisa. Blogueiro lê e faz comentários condizentes com o que leu, ou então não faz, ele sabe que não é obrigado a comentar. Se tem blog é porque gosta de ler e escrever. Sabe que não é preciso concordar com o que está dito no post, que pode discordar, (é saudável), mas, sabe que tem que ler o texto para poder se pronunciar e se ater ao que leu. Uma simples questão de inteligência, concentração e raciocínio. Pelo menos é o que penso. Eu e muita gente da blogosfera, como constatei in loco, nos inúmeros posts que li a respeito. Se estiver errada, por favor, fiquem à vontade para convencer-me. Estou sempre disposta a colocar minhas idéias e constatações em xeque. Sei respeitar o pensamento alheio.

Gente, por favor, se antenem. Leiam e comentem, e depois deixem os beijinhos, links, poesias, textos, recadinhos, etc. não necessariamente nessa ordem. Mas LEIAM e COMENTEM. É sinal de respeito entre seus pares. "Não faças ao outro o que não queres que façam a ti". É tão simples. Sei, é difícil, okok, mas é possível, isso é o que interessa. Ou então, saiam sem comentar, de fininho... é bem mais elegante.

Ah, ia me esquecendo, tem uns ainda que, na maior cara-de-pau, simplesmente chegam dizendo: --oi, quer conhecer meu blog?-- Ah, não acredita? Podes crer, eu vi, com esses olhos, hehe. E em blogs bem escritos, elaborados, caprichados, que a gente vê que houve trabalho em cima do post. É de cravar!

Ô gente, assim não dá. A blogosfera tem lugar para todos, pra quê, golpe baixo?

Beijos.
Postar um comentário