29 março, 2010

BLOGAGEM COLETIVA - COLORINDO A VIDA - COR AMARELA

Olá!

Nesse domingo chuvarento, nesse tempo de cara amarrada, sabe o que mais, vou tratar de fazer meu post pra amanhã, que vou participar da Blogagem Coletiva da minha amiga Glorinha. Ihuuu! E vou abraçar uma cor esplendorosa, ouviu? Adivinhe. Sei, sei, você já sabe, está no título do post. Então dá só uma olhadinha nesse Ipê-amarelo. E aí, não é lindo? Não é uma beleza essa árvore que tem de montão por aqui nesses pagos do sul?  Essa árvore é surpreendente, ela é magestosa, é um verdadeiro deleite para os olhos. É crendice popular que, quando o ipê-amarelo floresce, as geadas já eram. Sou fascinada por esse encanto que a natrureza nos dá. O Ipê-amarelo enfeita a vida. Bem, pelo menos a minha. :)


De repente esse esfuziante amarelo vai ser o pir-lim-pim-pim-do-tempo-bom, vai levar pra longe essa umidade, essa coisa mais sem graça em que virou o dia de hoje. Quero cor, quero sol, quero vida, quero ver gente na rua se deliciando com esse outono que é sempre tão lindo aqui no sul, que traz uma profusão de cores, e muito, mas muito amarelo! Xô, domingo emburrado!  E você hein Glorinha, escolheu amarelo e acertou em cheio!!!  Feiticeira!!! hehe.

Minha amiga, amanhã, bem cedinho, apronte essa delícia de Café com Bolo que tô chegando, de amarelo, e... Colorindo a Vida com você!

Além desse amarelíssimo, eu trouxe também uma coisa que sei que vocês vão amar!  É a letra de uma música, linda, linda, linda. Uma poesia e tanto.  É "Aquarela", eu simplesmente me encanto e canto, sempre.




Numa folha qualquer // Eu desenho um sol amarelo
E com cinco ou seis retas // É fácil fazer um castelo...
Corro o lápis em torno // Da mão e me dou uma luva
E se faço chover // Com dois riscos
Tenho um guarda-chuva...

Se um pinguinho de tinta // Cai num pedacinho
Azul do papel // Num instante imagino
Uma linda gaivota // A voar no céu...

Vai voando
Contornando a imensa // Curva Norte e Sul
Vou com ela // Viajando Havaí
Pequim ou Istambul // Pinto um barco a vela
Branco navegando // É tanto céu e mar
Num beijo azul...

Entre as nuvens // Vem surgindo um lindo
Avião rosa e grená // Tudo em volta colorindo
Com suas luzes a piscar...
Basta imaginar e ele está // Partindo, sereno e lindo
Se a gente quiser // Ele vai pousar...

Numa folha qualquer // Eu desenho um navio
De partida // Com alguns bons amigos
Bebendo de bem com a vida...

De uma América a outra // Eu consigo passar num segundo
Giro um simples compasso // E num círculo eu faço o mundo...
Um menino caminha // E caminhando chega no muro
E ali logo em frente // A esperar pela gente
O futuro está...

E o futuro é uma astronave // Que tentamos pilotar
Não tem tempo, nem piedade // Nem tem hora de chegar
Sem pedir licença // Muda a nossa vida
E depois convida // A rir ou chorar...

Nessa estrada não nos cabe // Conhecer ou ver o que virá
O fim dela ninguém sabe // Bem ao certo onde vai dar
Vamos todos // Numa linda passarela
De uma aquarela // Que um dia enfim
Descolorirá...

Numa folha qualquer // Eu desenho um sol amarelo
(Que descolorirá!)
E com cinco ou seis retas // É fácil fazer um castelo
(Que descolorirá!)
Giro um simples compasso // Num círculo eu faço
O mundo
(Que descolorirá!)...

Beijos. Fui.
Eu tinha uma animação superlegal, mas perdi o link. Quando achar coloco aqui pra vocês.
ACHEI!!!! Eis o link
Postar um comentário