15 dezembro, 2009

FILHOS COM AÇÚCAR

Olá.

Meu netinho está cada dia mais esperto. Ontem era um bebezinho e hoje já anda correndo pela casa. Está aprendendo a falar, mas não me chama de vovó. Ele, simplesmente, atrevidamente me chama pelo nome. Já fiz de tudo, ensinei, falei que é vovó, repeti, mas não adiantou nada. E não é por falta de exemplo, pois minha neta, que tem mais idade que ele, sempre me chamou e me chama de vó. Que fazer, são os temperos da vida! Quando ele chega em minha casa, já vem procurando algo para mexer, e como é rápido! Ele mexe e eu corro atrás, e acho a maior graça quando, ao sentir-se ameaçado, ele rapidamente pára e me olha, apronta o melhor sorriso e me chama: Marli bem cá.

Com minha netinha, que já entende das coisas, a conversa é outra, a comunicação acontece noutro patamar. Mas ela também sabe aprontar uma caretinha e dizer toda melosa, ô vó, tu tem que trabalhar hoje? Ah, isso me aperta o coração. E eu penso, é verdade, os netos são a parte boa da vida. Alguém já disse, com propriedade, que netos são os filhos com açúcar e que os avós são uns corações moles. Reconheço é a pura verdade. Em dias como esses eu saio para o trabalho com um pontinha de tristeza me cutucando. E na ida, eu já vou contando as horas para voltar!!!!!!

Era isso. Fui. Até breve.
Postar um comentário