12 junho, 2014

DIA DOS NAMORADOS



Bom dia,

Minha homenagem aos namorados, ao amor em flor... ao amor, esse sentimento universal que nos enamora com o outro e que faz a vida valer a pena!

Com esse lindo poema, pretendo homenagear alguém em particular: o meu Nilton, que está na minha vida desde meus 14 anos de idade, há 50 anos. Ih, já faz tanto tempo... sempre ao meu lado, nos meus sóis e nas minhas sombras, nos meus brilhos e nas minhas opacidades. É nele que penso, sempre que ouço essa música. É a imagem dele que esses versos desenham na minha alma. [O Nilton não tem blog, mas vou mostrar esse post para ele]. Sim, é o amor que está no ar! Sim, continuo achando que o amor é lindooooo! Mas o amor? Que é mesmo o amor? É muito simples, é "desejar o bem do outro", e acrescento, desejar do fundo do coração. Não fui eu que registrei essas palavras, - foi Joyce - mas é isso que penso e digo, e faço. O mais? adeja na superfície.


“Eu sem você sou só desamor. 
Um barco sem mar, um campo sem flor. 
Tristeza que vai, tristeza que vem. 
Sem você, meu amor, eu não sou ninguém?” 
(Vinícius de Moraes)

Esta é minha participação na blogagem coletiva da Norma. Achei que não conseguiria participar, mas consegui! Um beijo a todos os participantes. E bom dia dos namorados e boa copa, que também somos filhos de Deus e temos o direito de nos divertir!

Marli
Postar um comentário