29 março, 2016

VIDA INCRÍVEL?


deprimir


Como ser uma pessoa menos amargurada e mais feliz apesar das fotos de amigos que você vê aqui na rede, vivendo uma vida incrível, colorida e indolor? Como neutralizar as frustrações e decepções que esse contexto provoca em você, que vive uma vida assim, tão "real"? Não. Não é besteira, tem muita gente amargando esse paradoxo e trollando meio mundo. Li hoje e me apavorei. Acho que um bom começo pra largar essa neura é esquecer essas bobagens de vida incrível, etc. Isso não existe. É propaganda enganosa. Anote aí: a vida é dura, nada é de graça e ninguém está aqui a passeio. E por favor, não pense em acabar com a felicidade dos outros metendo a colher no que eles postam, só para incomodar. Esqueça. Isso é inveja e não vale a pena... quem perde a saúde é você. Abandone a inveja. Não há frustração que resista a quem tem sua própria maneira de ser feliz. Afaste os paradigmas e busque o melhor para você, dentro das possibilidades que a vida - no aqui e agora - lhe oferece. É possível levar uma vida mais amena valorizando o que é seu, pois no final das contas é isso que interessa. Esqueça a vida dos outros. Relaxe, descomplique, desencane, alivie. E não esqueça de abraçar quem está ao seu lado aturando esse teu jeito macambúzio de ser (tenho pena de seu amor! esse sim merece a medalha, rsrsrs!). E não se queixe, tudo pode piorar (toc, toc, toc). Em tempo: nas redes sociais a plenitude faz parte do projeto. De amarga, basta a vida.

Marli Soares Borges
Postar um comentário