24 janeiro, 2016

O CHECK UP DO MOLUSCO



padroeiro dos preguiçosos


Quando eu soube que o molusco iria internar-se para fazer check up, surgiram milhares de posts torcendo para que os médicos encontrassem alguma doença grave, de preferência, terminal. 

Pois eu não penso assim. Até porque, vivo ou morto, para mim, ele não faz a menor diferença. 

O problema é outro: o povo brasileiro adora um coitado e, certamente iria derramar lágrimas e transformá-lo num herói, apesar de todas as porquices que ele fez com o nosso país. E, sinceramente eu não toleraria esse molusco canonizado como padroeiro dos preguiçosos, mentirosos e incultos. 

Por isso, desejo que ele esteja num estado de saúde que não o impeça de responder pela grande merda em que transformou o Brasil. Aliás, se um dia ele for condenado por algum crime, para mim, não será surpresa, no mínimo será compatível com a história de vida, da qual ele tanto diz se orgulhar. (Na verdade eu nunca esperei nada de bom pelas mãos desse sujeito). 

Nossa! até me perdi. 

Agora vou adiante, desejo que ele tenha ainda uma certa força e lucidez para candidatar-se novamente a presidente. Quero vê-lo no segundo turno, tendo que apoiar outro candidato; quero ver seu nível de popularidade baixar aos tempos em que ele era baderneiro em São Bernardo. 

E se você é adepto do mimimi e não concorda comigo, por gentileza, recolha-se à sua TL para grasnar.

Marli Soares Borges

Postar um comentário