19 julho, 2014

NÓS PODEMOS MUDAR ISSO

nós podemos mudar isso
Imagem: Google

Reconheço que para a elite vermelha, aquela da estrela no peito, o Brasil vai muito bem. Eles estão sorridentes, saudáveis e bem tratados pelo sistema. Mas para o contingente de pessoas que paga imposto, dá emprego ao povo e realmente trabalha para manter o país em pé, a situação vai de mal a pior. Esse governo petista faz uma farra tão grande com o nosso dinheiro que chega a embrulhar o estômago. O que rola de dinheiro público, nas nossas barbas, em troca de votos é de uma imoralidade assombrosa. Nunca antes na história deste país se viu tanto toma-lá-da-cá, tanta gente mamando nas tetas do povo brasileiro. 

Os mais pobres são aliciados e mantidos no cabresto pelo governo, por causa do Bolsa Família. E os ricos da elite vermelha navegam no mar das mordomias: trabalham em cargos de confiança e são muito bem pagos para exercerem funções estratégicas indispensáveis aos interesses do partido governista. É mole? 

A propósito, esclareço que não sou, não fui e jamais serei contra o Bolsa Família, por dois motivos: primeiro, porque é uma questão de justiça social com os desamparados; segundo, porque eles (os desamparados) têm direito constitucional a essa assistência. Ponto. Aí a gente pensa, como assim ganhar dinheiro, todos os meses, sem trabalhar? Óbvio, isso é coisa que não cabe na cabeça de ninguém. Mas aposto que se houvesse transparência e esclarecimento, se essa assistência ocorresse sobre outras bases e se funcionasse direito, sem roubalheiras, o cenário seria outro. Mas não! O governo PT resolveu orquestrá-la através de uma verba mensal, distribuída segundo dizem, aos 'necessitados'. Aí entornou o caldo porque - como amplamente noticiado - teve muita gente recebendo sem precisar e parando de trabalhar para ficar só com "a" bolsa, como eles dizem. Ora, não precisa ser um expert para saber, que uma verba distribuída assim, de paraquedas, sem prazo de validade, sem controle e sem monitoramento eficaz, transforma-se rapidamente em flagrante incentivo à vagabundagem. E tanto isso é verdade que já é voz corrente que o Brasil, além do maldito jeitinho brasileiro, agora é o país dos vagabundos! 

Estamos mal na foto. 

Mas o que mais me impressiona é a desfaçatez desse governo oportunista, que se apropriou indevidamente de um direito existente na Lei Maior e fez o povo crer que é um favor idealizado pelo PT. Não é! Nunca foi! Está escrito lá na Carta Magna para quem quiser ver. E para piorar, as pessoas que recebem essa verba são propositadamente mantidas na ignorância. Não sabem que são titulares de um direito social assegurado na Lei Maior. Ora, em não sabendo, acabam com medo de perderem o "favor". Pronto, saíram do forno as "máquinas de votar" do PT! 

Está na hora de mudar isso. De livrar essa pobre gente da ignorância, de alforriá-los para que votem com suas próprias consciências, pois o fato de receberem uma verba assistencial não significa que possam ser escravizados, lembrando que é com esse estratagema subterrâneo que o PT vem mantendo esse governo autoritário no poder. E ademais, o governo - federal, estadual, municipal - não pode chamar a si a propriedade do dinheiro dos impostos e portanto, não pode utilizar o Bolsa Família como máquina eleitoral. Quem assiste os desamparados com a referida verba é o povo brasileiro com o dinheiro dos impostos. O governo é apenas o representante do povo, mas no caso do PT o governo vai além e age como "atravessador". O conhecido levador de vantagens! E você sabe quem primeiro começou a cumprir esse mandamento assistencial previsto na Constituição? foi o FHC. Aí o governo petista se intitulou o 'dono' da ideia e a seu bel prazer, modificou e remexeu tanto, que transformou tudo de bom que estava sendo feito pelo governo anterior, nessa tal 'bolsa' rasgada, furada, esculhambada, jogada como se fosse um favor, na mão de um povo que, de tão pobre, é capaz de se vender por um pedaço de pão! Tudo ao deus-dará, sem a menor seriedade, sem o menor respeito com o dinheiro público. Assim é fácil. Acabou o dinheiro? Dá-lhe imposto! e o povo que se rale para pagar a conta; que carregue o piano e que continue morrendo à míngua nesse lindo e desgovernado país chamado Brasil, onde falta tudo: água, luz, educação, saúde, segurança, comunicação e milhares de serviços considerados essenciais. E onde abunda a corrupção! (sem trocadilhos, por favor, rsrsrsrs). Enquanto isso, a elite vermelha continua com aquele sorrisinho imoral estampado na cara.

Calma madame, a democracia virá. 

Ok, por hoje chega, deixo só um recadinho: nós podemos mudar isso, as eleições estão na nossa porta. Primeira medida: tirar essa troupe do poder, livrar-se desse governo rasteiro. Na sequência é encher os pulmões de ar e trabalhar para mudar o Brasil.

- Marli Soares Borges -
Postar um comentário