12 dezembro, 2013

COMO VIRÁ O MEU NATAL?

Natal tem que ter árvore e presépio, e isso ninguém muda. No dia 10 de dezembro monto minha árvore de Natal. Por que 10 de dezembro? Não sei, é tradição, a minha tradição. Era o dia em que, na minha casa de menina, montávamos a nossa árvore para esperar o aniversário de Jesus e o Papai Noel.

Na minha infância as árvores eram vivas e os galhos eram vendidos na feira. Como éramos pobres, minha vó sempre dava um jeito de ter algum pinheirinho plantado num vaso para a gente enfeitar. Costumávamos guardar os enfeites nas caixas de Natal. Continuo guardando assim, e ainda sou ligada em abrir essas caixas. Guardados há quase um ano, sempre acabo esquecendo a cara dos enfeites. Nossa, um ano é muito tempo, e não é que esqueci como é lindo o novo presépio que ganhei ano passado? 

Eu acreditava em Papai Noel, lembro muito bem. Durante vários anos alimentei um sonho e escrevi para ele pedindo que me trouxesse uma bicicleta. Quando via a árvore montada, meus olhos brilhavam e minha esperança se acendia. É agora, eu pensava, finalmente vou ganhar minha bicicleta. O tempo passou, eu cresci, e andei passando uns trabalhos na vida. E alguns natais foram bem complicados. Lembro de um, em que morávamos numa fazenda bem longe da cidade e decorei a árvore com enfeites de papel, feitos a quatro mãos: meu marido e eu. Meus filhos eram bem pequenos nessa época, e a gente andava sem dinheiro. No ano seguinte uma folhagem num vaso, virou nossa árvore de Natal. Mesmo assim, jamais pensamos em desistir da árvore, era vital aquele aconchego natalino. A gente ali, se abraçando e brilhando junto com as luzinhas. E minhas crianças se criaram assim. 

Hoje em dia quando chega dezembro, fico observando o espírito natalino ir tomando conta do coração dos meus filhos, dos meus netos e das pessoas que convivem com a gente. Em silêncio, aguardo pacientemente o dia especial. Meu marido também fica quieto, esperamos que no dia 10 de dezembro nossa árvore esteja novamente conosco, carregada de significados. Acho que nesse ano de 2013, meu Natal virá exatamente assim, como tem acontecido há mais de meio século.

Tem muita gente que diz que isso é pura bobagem, que não condiz com os tempos atuais, que perdeu a graça, que isso é coisa de gente moça. E daí? Não me importo. Essas bobagens me fazem vibrar, me dão entusiasmo e força. Meu lado criança acorda, de olhos bem arregalados. E minha bicicleta? Pois é. Papai Noel nunca trouxe, mas continua me trazendo a emoção, a mesma que sinto ao ver minha árvore enfeitada. A mesma dos meus tempos de menina. Fico tão feliz que parece que um novo sonho vai se realizar. De uns tempos para cá, minha árvore de Natal tem sido meu referencial de alegria para o ano novo que vai chegar.

Marli Soares Borges, 2013

* COMO VIRÁ O MEU NATAL? - Minha participação da IV Interação de Natal promovida pela amiga Rosélia 
   

39 comentários:

✿ chica disse...

Lindo teu Natal há de vir e amanhã, dia 10 é teu dia! Que ele chegue sempre e permaneça no coração como tem sido até então, por muiiiiiiitos e muiiiiiiiitos anos! beijos,chica

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Linda a sua participação Marli.
Aqui em casa também colocamos a nossa árvore e o presépio,sendo que à cada quatro domingos antes do natal estamos fazendo o advento,uma pequena oração sobre a vinda do Menino Jesus.
Adorei!
Obrigada da visita e comentário.

bjs
Carmen Lúcia-mamymilu.

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Querida, Marli estive há pouco no blog da Nicinha e lendo seu texto sem saber, fiquei pensando enquanto o lia: já conheço este texto e no final vi que era o seu rssssss. Então! Natal, luzinhas, Jesus....eu não faço mais isso desde que minha mãe faleceu, e há um ano foi meu pai. Infelizmente é uma data que traz tristeza. Desejo a você e sua amada família, um Natal repleto de luz e amor. Que seja tudo que você espera que aconteça.Grande beijo,minha querida.

Orvalho do Céu disse...

"Os anjos disseram: Ó Maria! Deus te anuncia- Um Verbo, encarnado d’Ele, anjo novo é o messias, Jesus, Filho de Maria; será ilustre nesta vida e na outra; e estará entre os próximos a Deus.
Ele falará aos homens, no berço, assim como na maturidade, e estará entre os virtuosos."

DEUS vem nos visitar, alegremo-nos e n'Ele exultemos!!!

Olá, querida Marli
Vc foi fundo no baú das lembranças e me encantou...
É isso aí: não importam dores sofridas, dilemas vividos ou outros similares...
Só o toque da árvore já me faz ficar diferente também...
A simbologia não exite em vão... tem significado pessoal e isso nos favorece a alegrar o clima natalino...
O Natal acontece no coração da gente, vc disse muito bem...
Obrigada por sua linda participação...
Seja muito fleiz e abençoada!!!
Bjm já festivos de paz e bem

Lidia Ferreira disse...

Minha querida
lindo seu texto , eu não tenho dia certo para montar minha arvore , mas mesmo meus filhos grandes e faço questão de montar minha arvore e todo ano sempre compro um novo enfeite
bjs

Dorli disse...

Oi Marli,
Ficou lindo o seu texto, tantos desejos não realizados, mas nos presenteamos quando crescemos
Muito linda sua apresentação, fiz a minha hoje também bem diferente da sua mas só tinha uma coisa em comum.kk
Parabéns, você escreve muito bem
Beijos
Lua Singular

J.F. disse...

Oi, Marli.
Que crônica linda! Essa foi bem lá no fundo do coração. Mexe com a emoção. Quanto a essas pessoas que dizem que isso não condiz com os tempos atuais, são pessoas sem um pingo de sensibilidade. Puro materialismo! Continue, sim, com essa sua tradição familiar tão significativa que, por certo, também traz alegria ao seu marido, aos seus filhos e aos seus netos.
Abração.

Silvana Haddad disse...

Marli:
Esse ano eu não vou montar a árvore de natal aqui em casa.
Decidi doá-la para uma instituição com a qual eu contribuo já faz alguns anos.
Na quarta-feira, vou entregar a árvore e decorar.
Preferi fazer diferente esse ano, e creio que isso vai me proporcionar uma imensa satisfação, além de muita alegria para os adolescentes que moram nessa instituição e estão aguardando adoção.
Talvez seja o único presente que eles vão receber....
Bjs.:
Sil

Gina disse...

Marli,
Mantenho essa tradição também. É interessante que a "missão" do marido é colocar as luzes na árvore, depois eu decoro. Já houve ano em que montei uma semana antes do Natal, mas estava lá piscando toda noite, pra estimular a magia da época.
É exatamente essa empolgação que nos contagia e isso justifica manter a tradição. Por que não?
Bjs.

pensandoemfamilia disse...

Esta magia impregna aa nossa alma e nos permite fazer esta viagem familiar que nos descreveu. Sinto também que traz um renovar de esperanças.
bjs

ONG ALERTA disse...

Que esta magia chegue em todos corações, beijo Lisette.

O Árabe disse...

Isso é Natal, Marli: tradição, fé, amor e esperança! Parabéns, boa semana.

Miriam Bralli disse...

Quanta emoção um texto como o seu me traz, nossas histórias são muito parecidas e carregadas de Esperança, União e Amor...
Acredito que são esses os ingredientes básicos que Jesus nos presenteou...

A Bicicleta...há que pena, ainda não ganhei...mas continuo forte na minha fé e tenho certeza que ainda ela chegará...rsrsrsrsrs

Que o Nosso Natal seja Simples e Puro!!!
1000 Beijokinhas

Rita disse...

Como vc disse quando chega o natal nem sempre é o mesmo, cada ano que passa ele vai mudando ,mas como temos os que ficam , precisamos nos alegra rum pouco, é o que vou fazer
depois da minha perda....uma bela participação gostei, ah hj é dia 10 monte sua arvore e seja feliz

Abraços com carinho de sempre
Bjussss

♡°º•.¸Rita!!!!

Rita disse...

Ah tbém estou te seguindo
adorei toma rum cafézinho bem cedo com vc bjussss

Anne Lieri disse...

Oi Marli! Eu acabei de montar minha árvore tb! Apesar de não ter mais criança em casa,meu marido e eu voltamos a ser crianças montando a árvore!...rss...lindo seu relato e tb me trouxe doces lembranças! bjs e um Feliz Natal cheio de coisas boas a vc e sua familia!

Bergilde disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bergilde disse...

Marli,bom dia!
Por aqui também amamos este período do ano mais que todos os demais e como bem disseste cada um com a sua tradição,que acompanhando estas memórias de infância bem vivída as celebrações tomam muito mais significado para cada um de nós.
É sempre bom esperar um novo ano assim como você diz no texto,abraços meus e desde já boas festas!!!

Lúcia Soares disse...

Natal é magia, enquanto somos crianças.
Cultivar as tradições é necessário e saudável.
Que todos os Natais sejam de luz e paz para todos, é meu desejo.
Beijo, Marli.

Maria Luiza disse...

Que magia e que encanto seu relato de Natal! Porque era puro, era inocência era sinceridade. Não existiam tantos apelos a nos confundir! Eu sou muito feliz preparando o meu Natal! Um abração de Feliz Natal! O meu post já vai sair

Mara Lucia Bechara disse...

Isso se chama tradição,e acho importantíssimo ter esses rituais não só por nós mas também por nossa prole,garanto que seus filhos e netos já ficam esperando esse ritual,e vivemos dessas lembranças ,lembro que minha tia montava um presépio e colocava um espelho com areia em volta para colocar uns patinhos como se fosse um lago..era mágico!!Até hoje mais de 50 anos ela continua montando do mesmo jeito...Lindas palavras...
bjjss

Claudete disse...

Que lindo Marli, hoje é dia 10 com certeza a sua àrvore montada com todo os significados ditados pelo seu coração estará ja brilhando aos olhos de Jesus, tão alegremente esperado. Esta é a essência do sentido cristão do Natal: Jesus Luz e libertação! Obrigada pela carinhosa visita e comentário.

Calu B. disse...

Marli,
certos símbolos jamais perdem sua magia, e um deles é a árvore de Natal.Quando menina, lá em casa, a árvore era montada no dia 06/12.Levei comigo esta tradição depois que casei e a cumpro religiosamente há 39 anos;nossa árvore montada conforme a situação permite, trazendo aquele colorido especial, aquele clima de boa espera, de boas promessas, de esperanças renovadas...em mais um Natal de amor e união.

Um Natal repleto de sorrisos e abraços fraternos, pra vc e toda família.
Bjos,
Calu

Tetê disse...

Natal não é só dia 24 e 25/12... é toda uma expectativa, uma alegria e a esperança de dias melhores! Muito linda a sua participação! Desde já FELIZ NATAL! Bjks Tetê

Patrícia Pinna disse...

Boa noite, Marli. Que bom que desde criança você cultivou o espírito natalino, a esperança e a fé em dias melhores.
Pode não ter recebido o que queria, mas manteve a alegria da emoção, isso é muito importante.
Tradição tem de ser respeitada.
Uns tem, outros não, mas o que importa mesmo é a paz que o Natal traz consigo, o amor que deve permanecer durante 365 dias do ano, não apenas em dias de festa.
Parabéns!
Beijos na alma e FELIZ NATAL!

♫*Isa Martins disse...

Oi Marli, linda sua interação contando sobre a magia do Natal e o que significa pra você.
Te desejo um feliz e abençoado Natal, cheio de alegrias, beijos

Profª Lourdes disse...

Oi Marli, bela reflexão e já que estamos em clima natalino, desejo
que você tenha muitas alegrias na sua vida. A alegria só brilha nos olhos de quem sabe curtir a emoção de simplesmente viver...
Por isso viva com disposição e entusiasmo,
realizando os seus sonhos e que este período natalino seja de harmonia e paz e se estenda para todo sempre.
Uma linda noite e um amanhecer Il abençoado.
Bjuss
Lourdes Duarte
http://professoralourdesduarte.blogspot.com.br/
http://filosofandonavidaproflourdes.blogspot.com.br/

Beth/Lilás disse...

Marli,
As lembranças de seus natais passados são tão boas quanto as minhas, como a gente era feliz com tão pouco, né?
Mas, o seu natal do presente também será lindo, pareceu-me que chegará com tranquilidade e paz e é isso que desejo a todos os amigos. Um lindo e feliz Natal!
beijos cariocas


Mauro S disse...

Que linda postagem, Marli, realmente o Natal é uma data incrível, principalmente se com família reunida, lembranças, presentes, adoro o mês de dezembro porque quando criança era o mês das férias e as aulas só voltavam em março, o Natal, e durante o mês, o meu aniversário além do final do ano, muita festa, família, amigos, muitas reuniões, união, mas hoje as coisas não são mais assim, hoje são poucos, e eu sinto saudades do tempo de antes, não gosto muito de escrever, também discordo, mesmo católico, dos padres dizerem que não existe Papai Noel, sabemos que não, mas deixem as crianças de hoje sonharem como todos nós sonhamos um dia. É o que penso.
Obrigado pela visita.
Abraços, Mauro

E Um Feliz Natal a você e familiares.

Maria Mãe de Deus Rogai Por Nós!

Anônimo disse...

Oi Marli! A qualidade do Natal está no coração. E o seu coração é lindo com tanta sensibilidade expressada nas palavras. Meus parabéns pela linda participação. Beijo e feliz Natal cheio dessa herança maravilhosa que os seus avós deixaram para a família!

Zizi Santos disse...

Oi Marli
a minha bicicleta também não chegou e olhe que meu pai tinha duas! que eu namorava, namorava
Acho que a Rosélia se assustou com meu texto, meio triste mas real.
Eu vejo que você tem a alegria pura das pessoas que tem o Natal como uma festa interior onde a paz e alegria reinam.
esse ano foi marido quem decorou aqui em casa. Simples.
Traz lá de trás onde aprendeu com a simplicidade do pai, o dom de se preparar para o verdadeiro Natal.

bj
Zizi

Ailime disse...

Olá Marili, linda a sua participação! Natal é mesmo isso, viver na expectativa da vinda do Senhor que veio, vem e virá sempre encher de alegria os nossos corações! Feliz Natal. Beijinhos Ailime

Sandra Portugal disse...

Amo o dia de montar a minha árvore de natal, que na minha casa é sempre no feriado de 20/11 (Zumbi), para que a casa esteja decorada para o Natal no aniversário da minha filha.
Coloco musica natalina e invisto algumas horas do dia, junto com minhas filhas para tematizar a casa toda!!!
Adorei seu relato!
Feliz Natal!
bj Sandra
www.projetandopessoas.com.br

manuela barroso disse...

Olá Marli,
Sorvi as suas lembranças e é uma doce recordação que se guarda com imensa saudade: o nosso Natal!
O meu natal de hoje tem os mesmos cheiros das delícias de outrora. Mas não tem o mesmo charme com musgo de verdade a enfeitar o presépio,nem a inquietação do acordar para ver o que o sapatinho guardava. Tem gosto a consumismo,com o enfado do superfluo.
Obrigada pela sua simpatia.
Bom Natal e com alegria!
Beijinhos

Ana Paula disse...

Marli, ler as tuas lembranças, a tua tradição, fez-me participar um pouquinho delas!
Que o novo ano chegue cheio desta alegria que pulsa em teu coração!
Beijo

xunandinha disse...

as tuas tradições são um pouco parecidas com a minha criancisse toda a gente tem os seus rituais eu por exemplo fazia uma arvore de quase 3metros e um presépio com musgo natural com montanhas com uma cascata de água verdadeira,o ano passado já não fiz a arvore grande e não fiz o presépio tenho uma arvore mais pequena que costumo fazer no dia 8 e ainda não fiz,pois o espirito de natal está-se a perder e as pessoas ligam muito ao consumismo e eu ligo mais ao encontro das familias os presentes não ligo, pois fui habituada em pequena nunca ter prendas,gostei muito da tua participação e da tua visita no meu espaço boas festas

Clara Lúcia disse...

Marli, eu também sonhava com bicicleta e nunca ganhei! Mesmo assim aprendi a andar sozinha, em uma bicicleta de uma amiga... caía, levantava, caía, mas aprendi!

Os meus também eram bem simples e a árvore sempre foi um galho seco, pintado na cor prata, bolas vermelhas e alguns enfeites caseiros, algodão pra imitar a neve e presentes... cada um um presente!

Como mudou tudo com o tempo, né?
Espero que esse espírito natalino nunca se apague em vc. Que falem o que quiserem! Viva como gosta e ponto final!

Um Natal maravilhoso pra vc e sua família, cheio de bênçãos, paz e saúde!

http://blogsimpleseclara.blogspot.com.br/2013/12/como-vira-o-meu-natal.html

Misturação - Ana Karla disse...

Marli, vamos deixar esse espírito natalino tomar conta por todo ano, em especial no final do ano, gosto de curtir essas luzinhas, enfeites, músicas...
Faz parte da tradição.
:)
FELIZ NATAL!
Xeros

Patrícia Pinna disse...

Boa noite, Marli. Foi bom participar da BC de Natal da amiga Rosélia.
Não sei ainda o que farei, mas espero que tudo corra na mais perfeita paz!
Vim deixar um beijo de uma linda semana de paz!