sábado, agosto 28, 2021

ENTRE MIMOSURAS E TRAVESSURAS


Entre mimosuras e travessuras
Dongo sendo Dongo. Foto minha.



Sempre que escrevo sobre o Dongo exalto suas qualidades, ele é bonzinho, calmo, afetuoso, mimoso e por aí vai, e se me descuido vou continuar desfiando um rosário de mimosuras pra esse ser ronronante. E você que está lendo fica sempre aplaudindo essa lindeza. Pois é, mas nada é perfeito e essa lindeza também tem o seu lado, digamos... digamos... deixa assim: entre mimosuras e travessuras. 

Melhor você ver com seus próprios olhos. Espia só! e isso acontece sempre, não tem jeito, levanto por um segundo do lugar onde estou sentada e plaft! o Dongo se materializa exatamente no meu lugar! E faz uma pose de esfinge como se nada estivesse acontecendo. 

Como assim, ele tem o sofá, as cadeiras, as mesas, os armários, a casa inteira para escolher e vem se instalar no meu lugar, no lugar que eu estava ocupando, o lugar que é meu? Aí eu reclamo com ele: Dongo, esse lugar é meu! Pode ir dando o fora e blá, blá blá... e sabe o que ele faz? Nada. E isso não muda nuuunca. Ele me olha com aqueles olhos - lindos - cor de mel e ... nem te ligo. Continua ali, sem mudar um milímetro de posição. Parece que está - e acho que está mesmo - me dizendo: “é isso o que eu penso desse teu discurso sobre propriedade privada, aqui, na minha casa". 

Óbvio que eu acabo me acomodando noutro lugar. E sabe o que ele faz? plaft! vem se aninhar no meu colo! Pura verdade. Essa lindeza faz exatamente assim. Gatinho espaçoso. 

Mas, por outro lado, como boa libriana que sou, fico pensando que ele também mora aqui e tem direito de usufruir do acervo da casa. Pois é, mas esse direito eu também tenho oras. Tenho esse direito e ninguém me vê pulando pra cima dos armários quando ele "desocupa" o lugar. 

Me julguem. 


Em tempo: Deus existe! a chuva sumiu e amanheceu um espetacular sunny day! Vivaaa.

-Marli Soares Borges-


19 comentários:

  1. Ah Marli, fiquei aqui só rindo e imaginando cada cena! Texto adorável, cheio de bom humor, sua grande marca!
    O que dizer do Dongo, que é lindo demais, fofo demais, ele é um gato sendo GATO ou seja, só faz o que quer, mas quem liga? rsrsrsrsr A gente simplesmente deixa fazer tudo, dominam o espaço e eles são tão graciosos que literalmente, fazem a gente de gato e sapato, isso sim rsrsrsr
    Pelo visto, a chuva daí chegou por aqui...bom sábado, beijos
    Valéria

    ResponderExcluir
  2. Que fofura. Gostei :))
    *
    Rasgam-se pensamentos pelas nuvens
    .
    Beijo, e um excelente fim de semana.

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde de sábado, querida amiga Marli!
    Os gatinhos são dengosos, espaçosos sim, mas dão tão aliados nossos. Sei porque já os tivemos em casa. Ficam no pé da gente, esperam carinho, um dengo só.
    O nome do seu é uma gracinha.
    Tenha um final de semana abençoado!
    Beijinhos com carinho de gratidão

    ResponderExcluir
  4. As min has netas têm duas gatinhas. Uma uma fofura. A outra é reguila, esconde-se de toda a gente estranha que vai á a casa.
    .
    Feliz fim-de-semana
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderExcluir
  5. Oi Marli
    Aqui em casa acontece exatamente assim_ é só levantar daquele espaço de todo dia e quando volta quem está lá? _ isso mesmo ela e com aquele olhar bem 'dona do pedaço' rs Quase sempre que escrevo sobre minha gata há aqueles que dizem gostar mais de cães, (há até um certo preconceito com os felinos),já para os poetas as patas perderam a realeza para as garras_ talvez o silêncio e essa contemplação absoluta. É concordo com o que li ,por aí 'ter um gato é quase uma escolha filosófica' rs verdade,hein Marli passo longo tempo tentando decifrar porque aqueles olhos contemplativos encima de mim ,já que me vê todo dia rs e as vezes pego ela olhando pro nada como se os pensamentos estivessem longe_ tadinha _quem sabe na solidão de não ter um gato rs
    Gostei demais, Marli você é perfeita nas suas crônicas,sempre cheias de graça,essa me deixou encantada ,tamanha coincidência de gestos e atos.
    Seu Dongo poderia ser o tal 'companheiro' ideal rs
    abraço, Marli e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  6. Marli, esses bichanos se acham os donos do mundo e de nossas casas,rs..
    São adoráveis e nos fazem rir... Gostei das aventuras do DONGO e que bom temos um lindo dia e uns mais pela frente assim! Coisa boa! beijos, aproveitemos! chica

    ResponderExcluir
  7. Muito lindo esse amor pelo gatinho,conheço uma pessoa que é igualzinha a você.
    Mas eu não tenho gato, nem outro bicho doméstico.
    Adorei conhecer o Sonho.
    Xeru

    ResponderExcluir
  8. Bom dia, Marli, ri muitoooo. Fiquei imaginando as cenas do gatinho folgado. Pelo visto, ele não mudará mesmo. Como disse, a casa é dele também, está apenas lutando pelis seus direitos, rs.
    Lembrou o Garfield.Amei!
    Tudo de bom.
    Excelente domingo.
    Beijos na alma.

    ResponderExcluir
  9. Ah, gostei muito do seu blog. Dei uma pincelada nas outras leituras. Voltarei aos poucos. Estou seguindo.

    ResponderExcluir
  10. O Dongo é esperto...Sabe conquistar o Mundo e a dona...
    São bons companheiros.
    Obrigada pela visita; hoje há um desafio no Com Amor, gostaria que participasse.
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderExcluir
  11. hahaha...são mesmo os donos dos pedaços! Marli, acho que eles gostam do lugar quentinho, assim ficam só de olho na movimentação a espera de vagar um assento morninho!
    Sempre vejo os gatos do Fernando Gabeira na GN, são muitos fofos como o seu lindo Dongo!
    Abraço, bom domingo!

    ResponderExcluir
  12. Oi, Marli, olha, nós somos muito cachorreiros e adoramos os animais. Costumamos dizer, aqui em casa, que nós moramos na casa dos cachorros rssssss. Eles dormem onde querem, na verdade foram sempre os donos da casa. Sou capaz de armar uma briga se vejo, na rua, alguém maltratar algum animalzinho. Saio em defesa. Ou chamo a 'protetora'.
    Esse gatão maravilhoso tem de fazer exatamente isso!! E não me engane, tu gostas!!rssss
    Uma feliz semana,
    beijo.

    ResponderExcluir
  13. Olá, Marli!
    O Dongo, deve ser um gato muito carinhoso e quietinho. Ainda bem que assim é. Porque há gatos, que são muito vadios. Gostam de ir passear o dia todo, e só regressam tarde.
    Aliás, por norma os gatos são muito independentes.
    Gostei de ler esta crónica sobre o Dongo.

    Votos de uma excelente semana!
    Beijinhos!

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. O Dongo é um bom companheiro. Os gatos são muito inteligentes e o seu não foge à regra. E o melhor é que se diverte com ele.
    Uma boa semana com muita saúde.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  15. Gatos são encantadores, intuitivos, miosteriosos, espaçosos também rs rs. Gosto mais de cachorros, as amo gatos também. Na verdade, eu gosto de todos os animais.

    ResponderExcluir
  16. Animais de estimação são assim mesmo, Marli... difícil saber quem adota quem! :) Prêmio de consolação: o Dongo é muito bonito! Meu abraço, amiga; boa semana.

    ResponderExcluir
  17. Querida Marli, adorei seu "desabafo" :)
    Eu simplesmente adoro estes safadinhos, o seu Dongo é lindo!
    Tive uma gatinha, que me deu a alegria, de eu poder viver com ela, a minha Moody, durante 19 anos, uma vida.
    Portanto conheço bem as "manhas" destes nossos queridos amigos.
    Até lhe dediquei um blogue, que deixei de actualizar quando ela partiu.
    http://i--love--cats.blogspot.com/

    Aproveite e aceite, são eles que mandam em nós! :)

    Beijinho e feliz semana.

    ResponderExcluir
  18. Eita DONGO folgado, Marli
    Estes gatinhos são adoráveis.Temos que apresentar DONGO para a Juja...RS
    Um carinhoso abraço para você e ronrons da Juja.
    Verena.

    ResponderExcluir

BOM VER VOCÊ POR AQUI!
Procurarei responder a todos e retribuir as visitas com a maior brevidade possível. Abraços. Marli