28 julho, 2013

DIA DO AGRICULTOR










Hoje, 28 de julho é comemorado o dia do agricultor. Essa data foi criada em 1960, no centenário do Ministério da Agricultura. Quem assinou o decreto -- 48.630, 27/07/1960 -- foi o presidente Juscelino Kubitschek, que considerava o trabalho da agricultura como responsável pelo crescimento econômico do país.

Até então, os agricultores e as agricultoras eram invisíveis sociais. -- As agricultoras ainda são, infelizmente --. No entanto, são eles e elas os grandes responsáveis pela produção de alimento no mundo. Só eles e elas sabem tirar da terra o alimento que nos sustenta na cidade. Assim também, é inestimável o valor de sua contribuição para a proteção dos recursos naturais. Que ninguém se iluda, o desenvolvimento da cidade está atrelado à força humana que exerce essa atividade, tão mal reconhecida, mas que é de extrema importância no dia-a-dia de cada um de nós. Sem agricultura os municípios não têm movimentação econômica, o estado não tem tributos a receber e não há como gerar empregos. Quando a vida no campo vai mal, o mundo empobrece, a cidade sofre e tudo fica mais caro. E vem a fome. Lamentavelmente isso não está sendo levado em conta pelos governos, que continuam, ano após ano a massacrar os pequenos agricultores. Os governantes pensam que a fome não vem. Ledo engano.

No dia de hoje, meu respeito a todos, principalmente os pequenos agricultores, mulheres, homens, jovens e crianças -- sim crianças -- que dia após dia, ano após ano, no campo, enfrentam milhões de adversidades para cultivar suas terras, produzir e gerar empregos. Riquezas que eles e elas constroem silenciosamente e que fazem a grandeza de um povo e de um país. Um dia, pode ser que seu trabalho obtenha das pessoas em geral, e dos governantes, o respeito que merece. Por enquanto: força gente, não deixem a peteca cair!

Marli Soares Borges, 2013
Postar um comentário