30 abril, 2016

Fácil, fácil...


janaína gestos voz


É fácil chamá-la de maluca, descabelada, possuída. É fácil reclamarem de sua roupa, dos seus gestos, de sua voz. Difícil é refutarem seus argumentos. Isso a esquerdalha não faz. São incapazes de refutar uma vírgula do que ela diz. E ela deixou bem claro, que se forem capazes de apontar erros no parecer dela, que provem e derrubem. Ora, como não podem fazer isso, eles fazem o que sabem fazer: merda. E agora que aprenderam a defecar por outro lugar que não seja a boca... aguardemos. Estou com ela pela desratização do Brasil, sua voz tem mais poder do que imagina, e sua coragem não deixa dúvidas. Aposto que se fosse de esquerda, já estaria sendo chamada de empoderada - eca, que termo horrível! Mas ela escolheu a Verdade e a Honestidade. E o preço que paga é alto: sofre o ataque covarde da esquerdalha, por besteiras que nada têm a ver com trabalho jurídico que desenvolve e demonstra a todos nós. Tacale pau Janaína!

Marli Soares Borges

18 abril, 2016

O DIA SEGUINTE





"Uma mudança sempre deixa o caminho aberto para outras."
Maquiavel


Contra fatos não há argumentos. Impressionante! Surpreendente a fleuma do seu Cunha! Clap! Clap! Os britânicos devem estar se perguntando, como faz? e aposto que os quadrilheiros jamais imaginaram encontrar um adversário assim, à altura. Mas não havia outro jeito. Para expulsar do poder uma bandidagem do quilate de Dilma e Lula, era preciso um grau de bandidagem muito maior, alguém que soubesse falar a linguagem secreta dos bandidos. Ele botou pra correr os petistas histéricos. Hora de fazer as malas senhora presidente! Óbvio que Cunha merece ser preso. Assino junto com os que dizem: prendam-no, mas... por último! (Essa brincadeira de "Meu Malvado Favorito" já está muito batida e sem graça, mas é o que me ocorre no momento).

Marli Soares Borges

13 abril, 2016

OS COMPARSAS DO APOCALIPSE




"os comparsas do apocalipse"


É um filme baseado em fatos reais da vida do povo brasileiro, que vive enganado e sufocado por um governo medíocre e corrupto. O gênero é pós-apocalíptico e foi inteiramente realizado no Brasil. Os protagonistas são Dilma Roussef e Luiz Inácio Lula da Silva. O filme tem momentos de intenso suspense e, além de empolgar, tem o mérito de não cair em julgamentos unilaterais, mostrando que, quando o assunto é a vida real, cada lado tem seus motivos para acreditar que está com a razão.


SINOPSE DO FILME

Em 2016, os efeitos destrutivos de mais de uma década de governo petista causaram uma devastação inimaginável no Brasil. A era lulo-petista institucionalizou a corrupção e afundou o país. À medida em que se vê mergulhado em violenta recessão, o povo entra em pânico e luta para derrubar a tirana Dilmaluca, presidente da república. Paralelamente, surgem as forças da Lava Jato que lutam com rigor na captura de um criminoso safado e rasteiro que age na sombras, tentando manter a corrupção. Dilmaluca e Luiffináfio são os comparsas desse apocalipse, e precisam sair do poder para que o povo brasileiro enfim, possa respirar. Você vai ver em detalhes a vergonhosa derrocada de Dilmaluca e o momento crucial em que o impeachment a obriga a deixar o governo e sair pelos fundos. Mostra também a condução de Luiffináfio para o lugar onde há muito deveria estar: na cadeia.

É um filme incrível e você não pode perder! hahaha!

08 abril, 2016

AGORA SABEMOS QUEM SÃO...


sabemos quem são

Nada é só ruim, sempre tem o lado bom. Veja esse caos político que invade as nossas vidas, você acha que não serviu para nada? Engana-se. Agora sabemos quem são os hipócritas, comedores de mortadela, que mamam nas nossas tetas. Para manterem seus favores, eles foram obrigados a saírem de suas tocas: nas artes, nos cargos públicos, nas escolas e universidades, na imprensa, etc. Tiveram que dar sua cara a tapa. Até entendo que lambam as botas de quem os mantém, afinal, as bolsas-Rouanet não são de se jogar fora. E e grana farta para escreverem bonito sobre o molusco e sua comparsa? Me dá náusea, mas sei que se não babarem o ovo para seus donos, eles perdem essas benesses, e só lhes restará trabalhar, como fazem todos os mortais. O que não entendo é a tal massa de manobra, (aqui na rede tem cada uma...), gente estúpida, que não ganha absolutamente nada -- e, portanto, não deve nada -- e se prestam a papagaiar os discursos doentes dessa grei imunda, que nunca se comprometeu com a realidade do povo que jurou governar! Será que esse povinho imbecil está contando com respingos da corrupção para 'ajeitar' a vida? Nojo.

Marli Soares Borges